Berserk (2016)- Crítica temporada 1

Como pode um dos  melhores mangás que eu já li na vida ganhar o pior anime que eu já assisti na vida ? Eles precisaram se esforçar muito para fazer isso acontecer afinal Berserk é um mangá com um dos melhores desenhos e história que eu já li  , devem ter se dedicado mesmo   para conseguir essa incrível façanha. Após re-assistir várias e várias vezes cada episódio desse novo anime até o fim cheguei em uma conclusão…Os produtores merecem palmas,vocês conseguiram.

tumblr_m5hckglxwU1rr30hj.gif

Berserk 2016 é um anime que prova o quanto os animes atuais estão sim em decadência e também que as grandes empresas( E malignas) japonesas não querem investir no que realmente creio que deveriam.

Para começar essa crítica gostaria de dizer que todos os animes tem problemas, alguns menos, outros mais mas o que torna um material de qualidade não é ter ou não defeitos e sim ter uma quantidade de defeitos  inferior a quantidade de qualidades. Sei que pode parecer super obvio agora o que falei porém pra mim essa é a maneira de enxergar que mais se aproxima de uma imparcialidade embora eu esteja  envolvido emocionalmente com essa obra (Fã número 1!!!). Já que essa será uma crítica longa dividirei em diversas partes, explicando cada defeito desse anime e do porque ser uma das piores adaptações de um anime já feita. E  não vou citar o uso do  CG porque isso parece obvio até mesmo nas imagens do anime, todo mundo que assistiu já notou e creio que esse é um dos menores defeitos que o anime tem… Bom sem mais enrolação vamos aos defeitos!

1    Direção

 

Se você entende o mínimo de cinema deve saber o quanto a direção é uma das coisas mais importantes para qualquer conteúdo áudio visual. A direção dita o tom da série, a direção  dita o olhar sobre a série, a direção se feita da maneira errada pode mudar tudo que a série significa e transformar em algo completamente diferente. E não existe roteiro que possa salvar uma direção ruim. Imagina que você queira escrever um roteiro de uma história de drama e escolha um diretor de comédia, tudo pode se perder e todos os seus elementos dramáticos irão se converter em cômicos pelas mãos do diretor, pois  ele pode dar um formato hilario para acontecimentos trágicos do roteiro, isso porque quem dirige escolhe o ponto de vista do filme e o ponto de vista do filme é do diretor.

Agora que expliquei sobre a importância de uma direção para ditar um tom, que tipo de tom esse anime tomou ?  Um tom divertido, um tom rápido, um tom frenético, um tom heroico, um tom que embora bem intencionado não combina em nada com Berserk.

compare9701.jpg

Que tom o anime de 1997 tomava ? Era um tom lento, contemplativo , misterioso, um tom sombrio ao mesmo tempo que era dramático. E esse anime  ? Um tom veloz, cheio de coisas acontecendo, sem tempo pra contemplar, sem mistérios, só ação e mais ação….

Berserk tem sim ação mas também é uma história sobre sutilezas, sobre contemplar e sobre refletir, existe drama, existem lugares bonitos, esse é o tom do mangá. O primeiro problema sobre a direção é o tom que ela apresenta para o telespectador. No primeiro anime isso foi acertado em cheio e nesse errado feio.

O segundo problema da direção é a câmera. Ao invés de criar  bons ângulos o diretor movimenta a câmera para cima e para baixo, depois para a esquerda e pra direita. Ao invés de escolher boas tomadas e usar bons cortes o diretor prefere girar de um lado para o outro para dar sensação de movimento(Coisa que o 3D do anime não permite)  esses tipos de giro de câmera não só deixam diversas cenas confusas como deixam o telespectador tonto. O maior exemplo dessa má direção é a cena inicial do primeiro episódio no bar, o personagem principal soca alguém, a câmera gira para uma pessoa, gira para outra, gira para o braço e no fim não da para entender nada que está acontecendo. Esse tipo de coisa acontece com praticamente toda cena de ação, são tão confusas e tão bagunçadas que vão te deixar perdido e desconfortável.

Berserk-2016-Episódio-05.jpg

As cenas de drama também são assim, ao invés de focar no personagem a câmera vai girando pra cima e pra baixo, não deixando o dialogo fluir naturalmente porquê supostamente o diretor do anime acredita que seu público é um bando de crianças que não consegue ficar quietas por muito tempo. Um  exemplo disso é o dialogo entre Gatts e Farnese que não fica quieto e muda de tomadas o tempo inteiro, fazendo com que toda a química que os personagens pudessem ter se perca.

O terceiro problema na direção é a escolha do diretor Shin Itagaki. É um diretor que não só tem pouca experiencias com animes de ação, não só tem em seu histórico trabalhos de maioria animes de ecchi e comédia  como também nunca trabalhou antes em animação 3D. Existe uma frase que normalmente é dita em empresas de animação para todo animador quando vai utilizar  o CG pela primeira vez que é ” Esqueça tudo que aprendeu sobre 2D”. Sim é alguém sem muita  experiencia nesse gênero e sem nenhuma experiencia com 3D.

Ben-To (1).jpg
Exemplo de anime desse diretor

Um dos poucos trabalhos que ele realizou como diretor que possa ter alguma relação com Berserk foram alguns episódios do anime Devil May Cry, porém dirigir alguns episódios não é o suficiente para lidar com uma série inteira, infelizmente fizeram a pior escolha possível.

 2 Trilha Sonora

 

Esse é um dos poucos animes que assisti   em que fiquei incomodado com algo tão secundário com as onomatopeias. Cada piso no chão, cada corte da espada, cada esqueleto partindo, é terrível. Os sons soam pouco naturais, mau colocados, cada espadada tem som de panela batendo é algo muito mau feito.

Quanto ao Soundtrack temos uma abertura bacana e um encerramento também. O grande problema é a música Hai Yo de Susumu Hirasawa que embora seja uma grandiosa música ( Que só repete um grito mesmo assim é  genial) é colocada sempre nos piores momentos. A música começa após uma cena de Gatts refletindo em uma caverna, a música começa quando á um sequestro, quando é golpeado, quando ganha, no encerramento, parece que em todo lugar querem enfiar essa música. Por mais que a música seja boa tem que ser usada no momento correto, coisa que Berserk 1997 fazia corretamente. Colocar a música a todo momento retira a grandiosidade da trilha sonora de Hirasawa, diferente de Forces outra cansão que foi melhor colocada no anime de 1997 e composta pela mesma pessoa.

3 Cortes e roteiro

m8836Ut.jpg

Diversas cenas e arcos importantíssimos do mangá foram cortados, resultando em uma história contada pela metade. Isso prejudica a experiencia de ambos os lados, os novos nesse universo que ficarão confusos com o que está acontecendo e os que já leram por ter seus arcos favoritos ignorados. Essa decisão foi terrível pois esses eram arcos de necessidade na história e tiveram que tampa-los com momentos filler aleatórios ou simplesmente ignorando diversos dados. No começo do primeiro episódio somos introduzidos a personagens em uma ordem diferente do mangá e  em momentos errados, tonando o roteiro cada vez mais confuso e  bagunçado. Bagunça é a palavre chave que descreve como o roteiro ficou na tentativa de engolir tantos cortes.

4 Personagens

Berserk-2016-poster-promocional-v2.jpg

A maioria dos personagens ou é mau trabalhado ou perde suas funções graças ao roteiro. Gatts já não é mais um homem complexo cheio de traumas, mistérios , conflitos e egoismo como no mangá, agora o personagem é  retratado como heroico, sarcástico de vez em quando e que dá espadadas. Puck  o elfo companheiro perdeu toda a utilidade na história, no inicio foi introduzido para ser um alívio cômico  graças ao clima tenso e sombrio do início do mangá, nesse anime não é necessário pois Isidoro já faz isso. O elfo também servia de introdução para os sentimentos sofríveis de Gatts que no início( Antes da era de ouro) eram um mistério, nesse anime isso é desnecessário pois os personagem nunca demonstra ter problemas, além de te aparecer flashbacks da era de ouro o tempo inteiro, tirando o pouco  mistério que Gatts ainda poderia ter. Nem mesmo a função mais simples que o personagem tinha de curar feridas o anime mostra, reduzindo toda a necessidade desse personagem a nada.

O mesmo pode ser dito da maioria de personagens desse anime, Farnese  é menos aprofundada, vemos menos sobre sua motivação e seu passado e mais sobre ela reclamando. Isso acontece com a maioria dos personagens do mangá nesse anime, estão lá porque sim e perdem as funções que o autor deixou tão claras no mangá.

5 – Consistência entre 2D e 3D

A trilogia de filmes pode até ter tido problemas com o uso do CG, colocando em vários momentos  errados mas esse anime errou mais. A escolha de usar uma mistura de 3D e 2D é terrível pois acaba com toda a consistência de certas cenas e te tira completamente você do universo. Esse universo será em 2D ou em CG ? O anime não se decide e essas duas visões vão mudando de um momento para outro sem propósito. Porém existem momentos que isso beira o absurdo, o contraste é tão idiota e grande que vemos cenas de personagens 2D interagindo naturalmente com personagens 3D em um ambiente 2D. É algo confuso, incomoda e tira completamente sua experiencia de estar neste universo. Nem ao menos conseguem ser momentos sutis, o contraste é tão grande que é impossível não reparar.

iezB9ZO.png

6 Censura

neofjDO.png

Para mim a pior coisa desse anime. Se no filme eles estragaram o roteiro mas deixaram a ação e violência, dava pra se divertir como filmes de ação descerebrado mas esse anime não, ele até no pouco que poderia salvar ele tira. Assistir Berserk censurado é tão ridículo quanto ir em uma churrascaria comer salada. Vemos Berserk por ser incorreto, por ser acido, por não ter medo de mostrar o que tem que mostrar, retirar isso destrói toda a experiencia.

O pior é que  a censura é sempre colocada no momento errado e do jeito errado. Poderia ser uma censura sutil como dar close no rosto da personagem sem camisa ou  no mínimo colocar uma sombra por cima mas não, eles dão um jeito de colocar uma mulher nua sem genitais. E o pior é que de sutileza na censura não tem nada, existe uma cena com um monte de pessoas nuas todas sem pênis ,sem vagina, sem mamilos  e tudo amostra como se ninguém fosse notar, além de outas cenas  com sombras também pra não perder o habito. Além da censura ser explicita e jogada na sua cara é usada em momentos sim e momentos não. Um exemplo é a cena de uma mãe sendo torturada de maneira horrível que é mostrada sem censura alguma enquanto uma cena leve de violência em um flashback é censurada. Não tenho nenhum problema com censura mas fazer sem sutileza para uma série que era voltada supostamente para o público adulto é muito descuido.

Em conclusão esses são os principais problemas que encontrei no anime de Berserk em geral. Ano passado tive a intensão de acompanhar cada capítulo o que não acabou se concretizando infelizmente, por isso fiz esse post com um resumo geral dos problemas que giram em torno dessa série como um todo. Vamos torcer para que  a próxima temporada não cometa tantos desses problemas e rezar para que o Blu ray  amenize as coisas.

 

 

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Daniel disse:

    Expressou com perfeição meu sentimento sobre o primeiro mangá e anime que li e assisti…

    Curtir

  2. Humberto disse:

    Cara… esperei tanto pela continuação de Berserk.. e fizeram essa merda…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s